Export soluções do Brasil para o mundo!

Premium

Sua encomenda pode ser enviada para mais de 200 países, com prazo garantido de entrega. O Exporta Fácil Premium é o serviço ideal para quem tem urgência na entrega.

Conheça o Exporta Fácil Premium

Expresso

O Exporta Fácil Expresso consegue ser entregue de forma rápida, com prazo estimado. Através deste serviço, você conta com alta prioridade na entrega para vários países no mundo!

Conheça o Exporta Fácil Expresso

Standard

Para quem deseja preço e prazo de entrega intermediários, o Exporta Fácil Standard envia mercadorias com tratamento prioritário e prazos médios de encaminhamento e entrega.

Conheça o Exporta Fácil Standard

Alteração no encaminhamento de objetos internacionais pelo Correios BR
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

Informamos que devido a situação de pandemia em que os países se encontram o prazo de entrega dos serviços internacionais poderá ser maior do que o normal.

********ATUALIZADO 01/05/2022 :*********
REINO UNIDO
São passíveis de cobrança de direitos de alfândega mercadorias importadas provenientes de países de fora da União Europeia para o Reino Unido com valor a partir de 150 Euros (105 Libras Esterlinas). Os limites para a taxa sobre o valor agregado (TVA) à importação continuam sendo de 22 Euros (18 Libras Esterlinas) para os objetos comerciais e 45 Euros (36 Libras Esterlinas) para os presentes entre pessoas físicas.

As remessas postais destinadas ao Reino Unido e provenientes de países de fora da União Europeia devem ter seu conteúdo descrito detalhadamente no formulário de postagem (AWB/CP72) ou na etiqueta Declaração para Alfândega (CN22), utilizando-se o idioma inglês ou francês. No caso de utilização do formulário CN 22, o nome e o endereço completos do remetente devem ser claramente inscritos no verso do objeto.
O não atendimento às disposições acima poderá ocasionar o confisco dos objetos pela Aduana do Reino Unido, não cabendo nesse caso nenhum tipo de indenização ao remetente.
Informamos que objetos enviados ao Reino Unido por meio de qualquer dos serviços oferecidos pelos Correios, de acordo com procedimentos do operador postal daquele país, podem ser entregues a vizinhos, nos casos em que o destinatário estiver ausente. É colhida assinatura e registrado o nome de quem recebeu o objeto.O Correio do Reino Unido informa que não aceita objetos postais que contenham os seguintes artigos:
• Lingotes de metal precioso ou notas de banco;
• Objetos que contenham artigos de valor, como: joias, metais preciosos, pedras preciosas ou semipreciosas, títulos, moedas ou qualquer forma de documento financeiro negociável;
• Fragmentos e/ou cinzas humanas e de animais.O Operador Postal do Reino Unido informa que não transporta objetos contendo perfumes (NCM 3303.00.10) para destinos internacionais.O correio do Reino Unido informa que, com a entrada em vigor da lei sobre as armas ofensivas
2019 (Offensive Weapons Act 2019), a partir de 1/11/2019 os artigos com lâmina ou ponta afiada, como facas, lâminas ou machados deixarão de ser aceitos para a distribuição no território do Reino Unido.

ALEMANHA
O correio da Alemanha informa que desde 01/03/2018 é cobrada uma taxa de apresentação para alfândega no valor de 6 euros ao destinatário de remessas contendo mercadorias destinadas àquele país que tenham sido tributadas.

ESTADOS UNIDOS
Para envio postal destinado a bases militares dos Estados Unidos, existem 3 “cidades” e 3 “estados” equivalentes:

Cidades:
APO (Army Post Office)
FPO (Fleet Post Office)
DPO (Diplomatic Post Office)

Estados:
AA (Armed Forces (the) Americas)
AE (Armed Forces Europe)
AP (Armed Forces Pacific)

Para postagem nos Correios, selecionar as seguintes cidades dos Estados Unidos de acordo com o “estado militar” do destinatário:

– para ESTADO MILITAR ‘AA’, selecionar cidade ‘MIAMI, FL’;
– para ESTADO MILITAR ‘AE’, selecionar cidade ‘NEW YORK, NY’;
– para ESTADO MILITAR ‘AP’, selecionar cidade ‘SAN FRANCISCO, CA’.

O correio americano não entrega objetos postados na modalidade EMS endereçados a bases militares.

ITÁLIA
A alfândega Italiana está devolvendo ao Brasil todas as remessas postais cuja descrição de conteúdo no formulário de postagem (AWB/CP72) ou na etiqueta Declaração para Alfândega (CN22) esteja em português, ou caso a descrição seja genérica.
A descrição do conteúdo deve ser detalhada, utilizando-se o idioma inglês ou italiano.
Devido à determinação da Alfândega Italiana, a Fatura Comercial ou Fatura pró-forma é obrigatória para as remessas postais destinadas a pessoa jurídica com valor maior que 22 Euros e para as destinadas a pessoa física com valor maior que 1000 Euros. Tanto para remessas enviadas com finalidade comercial, como para aquelas destinadas a pessoas físicas contendo presentes, é necessário que todos os itens do conteúdo sejam claramente descritos no formulário de postagem (AWB/CP72) ou na etiqueta Declaração para Alfândega (CN22).
Para remessas destinadas a pessoas físicas, cujo valor do conteúdo seja no máximo 45 Euros, não são cobrados impostos nem taxa de desalfandegamento.
Para remessas enviadas com finalidade comercial, o limite do valor do conteúdo para isenção de impostos/taxas é de 22 Euros.
Para remessas cujo valor do conteúdo é maior que 22 Euros (destinatário pessoa jurídica) ou 45 Euros (destinatário pessoa física) e até 1000 Euros, além do imposto, é cobrada do destinatário uma taxa de desalfandegamento de 2,07 Euros.
Se o valor do conteúdo é maior que 1000 Euros, um documento administrativo deve ser emitido e são cobrados imposto e taxa de desalfandegamento do destinatário, sendo que o valor da taxa é de 5,17 Euros por código NCM/SH listado no AWB/CP72 ou CN22.

Nos objetos endereçados ao Vaticano, não deve ser mencionado como País de destino ITÁLIA, mas sim VATICANO.

PORTUGAL
A Alfândega de Portugal está exigindo Fatura Pro-forma para qualquer tipo de mercadoria que não seja mercadoria para venda. Mercadorias para venda devem ser acompanhadas de Fatura Comercial. Na ausência de qualquer documento necessário ao desalfandegamento da remessa, o destinatário será contatado pela autoridade postal por meio de um Aviso para Desalfandegamento (APD), para que sejam providenciados os documentos faltantes. A remessa será liberada somente após a regularização da documentação exigida. Segundo normas internas de Portugal, o envio de medicamentos e fármacos por pessoas físicas àquele país é expressamente proibido.
A importação destes produtos em Portugal é restrita a Entidades devidamente autorizadas pelo INFARMED – Autoridade Nacional de Medicamentos e Produtos de Saúde.
O correio de Portugal solicita que, sempre que possível, seja informado o e-mail do destinatário no endereçamento dos objetos destinados àquele país.

ARGENTINA
Conforme informação do correio argentino, objetos com mais de 2kg ou valor maior que US$200 são enviados para agências que disponham de setor alfandegário e os destinatários devem coletar os objetos na agência indicada. Não há agências com setor alfandegário em todas as cidades da Argentina.
É enviada notificação ao destinatário com instruções para recebimento do objeto nos casos em que há necessidade de pagamento de impostos/taxas e nos casos em que for necessário coletar o objeto em uma agência.
Mais informações podem ser encontradas no site do correio argentino em https://www.correoargentino.com.ar/puerta-puerta e no site da aduana argentina em http://www.afip.gob.ar/puertaapuerta/puertaApuerta.asp

FRANÇA
Alertamos que alguns endereços na França possuem portas com código de segurança (“door code”). Assim, para acessar as caixas de correio desses endereços, é preciso atravessar essa porta, o que nem sempre é possível quando da ausência do destinatário.
Portanto, o telefone celular/fixo e e-mail do destinatário (ou, se possível, o código segurança) devem ser informados no endereço da remessa, para evitar a devolução do objeto.
O correio da França está exigindo Fatura Pro-forma para remessas contendo qualquer tipo de mercadoria mesmo que a finalidade do envio não seja mercadoria para venda, podendo ser utilizada a Fatura emitida pelo SARA ou a disponibilizada na Pré-postagem Internacional. A ausência da Fatura Pró-forma poderá ocasionar a devolução do objeto ao remetente.
Objetos que contenham Mercadoria para venda devem ser acompanhados de Fatura Comercial emitida pelo remetente/exportador.
Objetos postados na modalidade Exporta Fácil Premium devem ser acompanhados de Fatura conforme modelo disponível em http://www.correios.com.br/enviar-e-receber/exportacao/proibicoes-e-restricoes-especificas-do-exporta-facil-premium-sedex-mundi

CHINA
O correio da China informa que, de acordo com os regulamentos da aduaneiros daquele país, desde 30/11/2018, os objetos destinados à China que se enquadrem em alguma das condições abaixo serão eliminados pela alfândega chinesa:
– objetos que não cumpram as formalidades aduaneiras chinesas;
– objetos que não sejam reclamados pelos destinatários dentro do prazo estabelecido pela alfândega chinesa;
– objetos recusados pelos destinatários chineses;
– objetos que não podem ser entregues ou devolvidos.O correio da China solicita que, sempre que possível, seja incluído o número do telefone celular do destinatário no endereçamento dos objetos destinados àquele país.
O número de celular do destinatário servirá como a única credencial para fins de login no sistema de declaração aduaneira.
O destinatário também é contatado por celular para agendamento de horário de entrega.

INDIA
O correio da INDIA solicita que, sempre que possível, o número de telefone fixo/celular e endereço eletrônico dos destinatários sejam indicados nos objetos destinados àquele país.
Com essas informações, será possível contatar os destinatários a respeito da
liberação alfandegária de seus objetos e providenciar a entrega de forma mais ágil.

JAPÃO
Remessas postais com valor de conteúdo maior que 200.000 Ienes devem estar acompanhadas de Fatura Comercial ou Fatura Pró forma.
Além disso, remessas contendo mercadoria ou amostras, independente do valor do conteúdo, devem ser acompanhadas de duas cópias da respectiva Fatura.
Objetos cujas faturas não tenham sido preenchidas corretamente não poderão ser processados pela Aduana Japonesa, o que poderá ocasionar atraso na entrega.
O Correio do Japão informa que é proibido enviar para o Japão os seguintes artigos:
• Artigos que violam os seguintes direitos: de propriedade intelectual, de modelo de utilidade, de design, de marca registrada, de autor e os que desobedecem a configuração de desenhos.
• Armas de fogo, suas partes e acessórios, munições e entorpecentes sem autorização oficial devidamente emitida pelas autoridades competentes.Os correios do Japão informa que desde 01° de outubro de 2016 estão sendo tributados as encomendas que ultrapassarem o valor de 200.000 Ienes. Para essas encomendas, será necessário preencher uma declaração de importação e obter a autorização da alfândega japonesa. Essa declaração poderá ser preenchida pelo destinatário, despachante aduaneiro ou por meio de contratação do próprio Correio Japonês para tramitar perante à Aduana de Destino.

AUSTRÁLIA
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

LUXEMBURGO
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

NOVA ZELÂNDIA
O correio da NOVA ZELÂNDIA informa que, de acordo com a regulamentação aduaneira neozelandesa e com o artigo 19 da Convenção Postal Universal, é expressamente proibido enviar os tipos de artigos enumerados abaixo através do correio:

– Facas e armas cortantes/ofensivas proibidas (soqueiras, navalhas de ponta e mola, navalhas tipo «borboleta», bengalas de estoque), bestas, vaporizadores de produtos químicos para a defesa (bombas lacrimogéneas, vaporizadores de gás pimenta, granadas lacrimogéneas, etc.), pistolas atordoantes, etc.

– Utensílios para fumar canábis e metanfetamina, sementes de canábis, etc.

– Medicamentos que contêm pseudo-efedrina.

– Material repreensível (como artigos obscenos ou imorais) contido em artigos como videocassetes, filmes, gravações, CD-ROM e publicações.

Uma lista completa dos artigos proibidos e aceitos condicionalmente pode ser encontrada em:
www.customs.govt.nz/globalassets/documents/tariff-documents/the-working-tariff-document-prohibitions-and-restrictions.pdf
O correio da Nova Zelândia informa que é proibido o envio de armas de fogo e peças de armas de fogo para aquele país.

CANADÁ
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

IRLANDA
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

SUÍÇA
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

HONG KONG
A ausência do número do telefone celular do destinatário poderá ocasionar atraso no processamento dos objetos pelo correio de Hong Kong.
Sempre que possível, além do número do celular, informar o e-mail do destinatário dos objetos enviados a Hong Kong.

 

Alteração no encaminhamento de objetos internacionais
Em decorrência das medidas contra o Coronavírus (COVID 19) em vários países, não há como garantir o cumprimento do prazo de entrega dos envios internacionais. Os Correios estão buscando soluções para manter os serviços em andamento, contudo faz-se necessário suspender ou restringir a aceitação de postagem para alguns destinos. Consulte aqui a disponibilidade de serviços por país de destino.

Deixe um comentário

AllEscort
0

O seu carrinho está vazio

0